Segurança durante as operações logísticas e transporte.

A operação de transporte da carga / mercadoria da empresa até o seu cliente, passando pelas vias terrestres brasileiras é bastante comum e totalmente necessária. Justamente pelo grande fluxo das operações é necessário eficiência e o máximo de segurança possível para a carga transportada e para o condutor, (que trafegando pelas estradas já está exposto a diversos perigos), por isso a importância da segurança durante as operações logísticas e transporte.

Pesquisas apontam que em uma vistoria simples feita pelo próprio condutor pode prevenir cerca de 50% das causas de acidentes durante as operações logísticas.

A associação de Magistrados da Justiça do Trabalho da 1ª Região (Amatra 1) alerta que o Brasil registra mais de 700 mil acidentes de trabalho por ano, o que coloca o país em quarto lugar no mundo nesse aspecto, segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), atrás apenas de China, Índia e Indonésia.

Para tornar o transporte cada vez mais seguro, é essencial que as empresas estejam aptas a investir em novas tecnologias, desenvolver projetos de prevenção de acidentes dentro e fora das empresas e ter a união do departamento de RH, segurança do trabalho e o gestor de frotas para criar projetos e processos afim de informar e assegurar a segurança do trabalho na empresa, em especial nas operações logísticas, nosso assunto de hoje.

A NR-11 referente a (transporte, movimentação, armazenagem e manuseio de materiais) foi criada para ajudar nesse processo, e é de grande importância que o profissional da área da segurança do trabalho, reconheça as causas de falhas na segurança no transporte que podem ser:

  • Falta de capacitação ou treinamento do motorista;
  • Jornada de trabalho excessiva;
  • Ausência de ginástica laboral ou alongamento antes do início da jornada de trabalho;
  • Frota defasada;
  • Falta de manutenção dos veículos;
  • Falha ou falta de roteirização do percurso;
  • Excesso de peso da carga;
  • Falta de uso de EPIs quando necessário;
  • Ausência de ergonomia correta no veículo a ser guiado pelo condutor.
  • Excesso de velocidade.

É muito importante que a empresa consiga enxergar essas falhas e adote ações educativas e efetivas na área de transporte, que possibilitem a melhoria das condições de trabalho e saúde dos trabalhadores do setor, que vão impactar diretamente a qualidade e eficiência do trabalho executado pela equipe. A prevenção e instrução é o melhor remédio.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre segurança no trabalho nas operações logísticas conheça também nossas soluções para ajudar a sua empresa no controle e gestão de combustíveis.

A Dynamix pode ajudar a sua empresa nessa missão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

5 × 5 =

Menu