O que é bandagem de pneus?

O que é bandagem de pneus?

 Vamos falar sobre bandagem de pneus:

Os pneus são componentes essenciais para o transporte e quando eles apresentam problemas podem causar acidentes e aumentar o custo de manutenção dos veículos.

Saber quando é a hora de trocar ou reparar os pneus é fundamental já que trafegar fora dos padrões determinados pode gerar multas, insegurança e até mesmo o aumento no consumo de combustível.

Bandagem é a parte do pneu que fica permanentemente em contato com o solo e ela é dividida em três partes: os sulcos, as ranhuras e as barras. Ela é responsável por manter a estabilidade do veículo em dias de chuva, por exemplo.

Na medida em que o veículo é utilizado, a borracha da bandagem se desgasta e os sulcos diminuem, tornando-se menos profundos. Quando isso acontece o escoamento da água pode ficar comprometido e o risco de aquaplanagem aumenta, assim como os riscos de acidentes.

De acordo com a legislação brasileira os sulcos dos pneus devem ter, no mínimo, 1.6 milímetros de profundidade. Trafegar com pneus com espessuras menores pode ser enquadrado como infração grave, gerando o pagamento de multa e a perda de pontos na carteira de habilitação, além da apreensão do veículo.

É importante lembrar que essa regra vale para os pneus em uso e também para os reservas, o estepe.

Tipos de bandagem de pneus

Existem alguns tipos de bandagem de pneus e conhecer as diferenças é importante.

  • Bandagem simétrica

Nesse tipo os sulcos e ranhuras no pneu são simétricas, ou seja, os desenhos seguem um padrão e são iguais dos dois lados. Esse modelo é o mais utilizado em veículos de passeio.

  • Bandagem assimétrica

Nesse modelo os desenhos são assimétricos, o que ajuda o veículo a ter maior tração nas rodas e estabilidade, em situações adversas, como curvas fechadas e áreas molhadas.

Esse tipo de pneu exige que o motorista tenha maior cuidado com a manutenção para garantir que os dois lados se desgastem de forma equivalente.

  • Bandagem direcional

Nesse modelo os sulcos e ranhuras seguem a mesma direção, sendo normalmente o desenho em “V”, forma que aumenta a estabilidade do veículo e a capacidade de atingir maiores velocidades com segurança.

O correto é medir os sulcos circunferenciais dos pneus com frequência, principalmente antes de fazer longas viagens. Isso pode ser feito através dos indicadores de desgaste (TWI) que ficam nos sulcos. Quando o desgaste da banda de rodagem alcança alguma dessas marcas, o pneu deve ser substituído.

Os TWI são filetes de borracha que ficam entre os sulcos. Quando esses filetes se aproximam da superfície dos pneus significa que está na hora de trocar.

Um teste simples que também pode ser realizado é colocar uma moeda de 1 real no sulco. Se a parte dourada desaparecer significa que a profundidade está boa, mas caso o anel dourado fique para fora do sulco é preciso efetuar a troca do pneu com urgência.

Uma dica importante é registrar os dados da medição dos sulcos dos pneus e acompanhar o gasto da bandagem. Dessa forma é possível prever o tempo médio de desgaste e programar os rodízios e trocas com tranquilidade.

É preciso ter atenção também à presença de bolhas, cortes ou desgastes irregulares que também podem comprometer a eficiência do pneu. Se houver algum desses defeitos a troca é essencial, mesmo que ainda não tenha sido atingida a profundidade mínima.

Monitorar a vida útil dos pneus deve fazer parte das atividades diárias das empresas de transporte e logística para garantir o bom desempenho dos veículos, a segurança dos motoristas e do transito em geral.

É fundamental que as empresas entendam esse processo como um fator de segurança imprescindível para a empresa. Esse cuidado garante a segurança dos condutores e contribui para a maior segurança nas estradas.

Agora que você já sabe o que é bandagem de pneus e quando eles devem ser trocados, conheça também as soluções da DXtech para o controle de líquidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

sete − dois =

Menu