Manutenção preventiva e corretiva, por que fazer?

Caminhões e veículos de transporte de cargas passam a maior parte do tempo nas estradas, e nesse cenário a manutenção preventiva e corretiva nos componentes dos veículos torna-se primordial para o bom funcionamento e segurança das operações.

Dados apontam que 60% dos caminhões que circulam pelo estado de São Paulo tiveram problemas com manutenção em 2017, afetando assim diretamente a segurança do condutor e dos demais usuários das rodovias, além de onerar ainda mais os gastos da empresa.

Gastar com manutenção preventiva atualmente trata-se de um investimento, pois levantamentos mostram que as despesas com o veículo diminuem em até 30% quando a manutenção preventiva é realizada de forma correta.

Mesmo tendo conhecimento das vantagens dessa manutenção muitos gestores de frota ainda dedicam a maior parte do seu tempo e recursos à manutenção corretiva, encarando a preventiva como um custo adicional desnecessário.

Manutenção corretiva:

Sua finalidade é corrigir os problemas e erros já existentes com a intenção de restaurar as condições inicias do veículo. O conserto apenas é feito quando uma adversidade surge, afetando o funcionando do veículo e da operação diretamente.

Vantagens da manutenção corretiva

  • Se feita de forma planejada, a manutenção corretiva pode evitar situações caóticas, como a parada ou diminuição do ritmo produtivo;
  • É uma ótima opção de manutenção para máquinas com baixa prioridade e nível de uso;
  • Pode ser uma opção de manutenção melhor quando se trata apenas da substituição de uma peça auxiliar ou de baixo valor.

Desvantagens da manutenção corretiva

  • É uma modalidade de manutenção que requer mais despesas quando não planejada;
  • Pode acarretar na interrupção do processo produtivo, deixando equipes ociosas;
  • Pode gerar atrasos no cumprimento de prazos.

Manutenção Preventiva:

Sua finalidade é prevenir possíveis danos nos componentes. Essa manutenção é feita através de um cronograma estabelecido pela empresa e por descrição de troca do fabricante, para evitar danos ou pausas nas operações.

Vantagens da manutenção preventiva

  • Reduzir o envelhecimento ou degeneração dos equipamentos;
  • Atuar antes das intervenções corretivas que geram altos custos;
  • Reduzir os riscos de quebras nos equipamentos;

Desvantagens da manutenção preventiva

  • Erros no aprovisionamento ou gestão de estoques;
  • Má organização da manutenção dos tipos preventivo e corretivo;
  • Maus métodos operacionais que afetam o rendimento ou qualidade de execução.

É imprescindível que o gestor de frota crie um cronograma para realizar a manutenção preventiva nos seus veículos.

Vejamos os principais itens para entrar no check list para essa modalidade de  manutenção, são eles:

  • Filtros de óleo;
  • Motor;
  • Freios;
  • Bateria e cabos;
  • Suspensão;
  • Pneus;
  • Faróis;
  • Palhetas do limpador;
  • Módulos de injeção;
  • Quinta roda;
  • Sistema elétrico;
  • Sistema de suspensão.

Pensando em melhorar a sua gestão e trazer economia a DXtech tem o módulo de manutenção preventiva e corretiva para sua frota.

Quer saber mais?

Entre em contato conosco!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

cinco × 3 =

Menu