Hábitos errados ao volante

Dirigir ao volante por longos períodos faz com que, mesmo sem intenção e muitas vezes de forma automática, o motorista crie hábitos errados ao volante.

A soma desses vícios ao dirigir por mais que possa parecer atitudes simples e “inocentes” podem interferir diretamente no desempenho do veículo, trazer riscos à segurança e prejuízos financeiros para o condutor particular e para a empresa.

Algumas dessas situações ao serem realizadas são passíveis de multas de trânsito de acordo com o CTB (Código Brasileiro de Trânsito) como: dirigir com apenas uma das mãos ao volante, que é considerada infração média de 4 pontos na habilitação e multa de R$140,16, utilizar o celular durante a condução do veículo, que é considerada infração gravíssima de 7 pontos na habilitação e multa de R$ 293,47, entre outras.

Vamos ver alguns desses vícios ao volante:

Andar com a mão ou o braço para fora do carro ou na janela: esse costume, além de ser infração de trânsito, pode causar acidentes bastante graves.

Andar com combustível na reserva: pode causar a queima da bomba de combustível devido ao superaquecimento, além de reduzir a vida útil da bomba, e de possibilitar que as impurezas do fundo do tanque entupam os bicos de injeção.

Descer serra desengrenado: esse costume pode superaquecer os freios, levar a um desgastes das pastilhas e diminuir o tempo de reação do carro.

Dirigir com a mão no câmbio sem necessidade: pode trazer avarias ao trambulador, podendo estragar engrenagens desse sistema).

Falar ao celular: além de ser infração de trânsito, tira a mobilidade e diminui o tempo de reação do motorista ao dirigir.

Girar o volante com o veículo desligado: pode gerar sobrecarga no sistema de direção e sobrecarregar os retentores, podendo causar também vazamento de óleo.

Manter o pé na engrenagem sem necessidade: diminui, em média, em 50% a vida útil da embreagem e dos sistemas correlacionados.

Passar em lombadas ou valetas na diagonal: pode fazer a torção da barra de direção do veículos e causar o rompimento de alguns pontos de solda.

Essas atitudes podem ser facilmente revertidas pelo condutor ou motorista profissional para maior segurança e economia ao dirigir.
Importante o gestor de frotas sempre que possível salientar a sua equipe de motoristas a importância de não se fazer essas atitudes ao volante. E se você faz uma dessas atitudes ao dirigir, tente mudar o quanto antes.

Agora que você já viu alguns dos vícios ao volante que prejudicam o desempenho do veículo, a segurança do condutor e dos demais usuários, conheça também as nossas soluções de controle de combustível para trazer gestão e economia a sua empresa.

Entre em contato conosco!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

19 − dezoito =

Menu