Como dirigir com segurança em áreas alagadas.

Como dirigir com segurança em áreas alagadas

Nessa época do ano os temporais são frequentes e costumam acontecer nos finais de tarde, quando muitas pessoas estão retornando para suas casas. A maioria das cidades não está preparada para o grande volume de água que se acumula das vias urbanas e os alagamentos são inevitáveis.

Os motoristas, muitas vezes sem preparo, acabam sem saber o que fazer e podem tomar decisões erradas, comprometendo a mecânica dos veículos.

Hoje você vai conhecer algumas atitudes recomendadas que você deve tomar quando se vir em situações como essa, ao dirigir em área alagadas.

  1. Evite regiões propícias aos alagamentos

Todas as cidades têm pontos específicos em que um pouco mais de chuva já compromete o trânsito de pessoas e veículos. Conhecer bem o trajeto a ser realizado no transporte é fundamental e é indicado sempre evitar essas áreas propícias a alagamentos.

Se a sua empresa atende diferentes cidades ou realiza transporte para longas distâncias esse cuidado é ainda mais importante.

Os motoristas também devem ser orientados a ter atenção ao tempo e a identificar perigos de temporais, se antecipando aos problemas com a mudança de rotas, quando necessário.

  1. Verifique as condições da estrada antes de enfrentar a água

A primeira dica é suficiente para evitar muitos incidentes, mas em alguns casos o motorista pode ser pego de surpresa com uma chuva expressiva e com o nível da água subindo rapidamente, principalmente em grandes cidades em que o trânsito muitas vezes impede a mobilidade.

Nesses casos, é importante avaliar se o nível da água oferece segurança para o veículo. Carros são especialmente mais propensos a terem problemas com as enchentes. Em veículos menores é preciso observar se o nível da água está acima do meio da roda, nesse caso volte imediatamente, busque um local mais alto como uma calçada ou rampa e espere a água abaixar para seguir o caminho.

  1. Mantenha a aceleração constante

Se a água estiver abaixo do meio da roda e você se sentir confortável em tentar atravessar, é importante ter atenção à forma como você acelera, que deve ser constante e sempre em baixa rotação.

Deixe o motor na média de 2500 RPM, que reduz as chances de a água entrar no motor. Acima dessa rotação a entrada de água é quase certa o que fará o motor parar de funcionar e você terá um grande prejuízo com isso.

Tenha atenção também à estrada, pois nesses momentos é comum que buracos sejam abertos e com a água não é possível perceber. Se possível espere algum outro veículo passar e faça o mesmo caminho.

  1. Cuidado redobrado com o freio

 A eficiência do freio fica comprometida na água. O tempo de resposta dele é maior, o que exige ais atenção. Manter a velocidade reduzida e sempre testar o freio são atitudes de segurança para evitar problemas. Sendo assim, não aumente a velocidade após sair das regiões alagadas, siga com velocidade controlada e muita atenção na estrada.

  1. Se o motor desligar, deixe

Se, durante a tentativa de sair de uma área alagada, o motor desligar, deixe assim, não tente ligar novamente o veículo. O desligamento do motor significa que entrou em contato com a água e foçar o seu funcionamento causará um estrago maior e aumentará o prejuízo.

Nesses casos, somente um profissional qualificado deve tentar ligar novamente o veículo, após verifica-lo com calma.

Essa dica também vale para veículos que estavam parados e foram inundados por uma enchente ou alagamento. Tentar ligar o veículo para leva-lo à oficina danificará os componentes e a manutenção será mais cara.

Nesses casos em que a água entra no motor o correto é esperar a água abaixar e chamar um reboque para levar o veículo ao mecânico.

  1. Tenha atenção às notícias e comunicação

Hoje em dia as notícias são transmitidas rapidamente e as redes sociais podem ajudar bastante. Monitorar a previsão do tempo e os acontecimentos das localidades onde sua frota de veículo terá rota é importante para evitar problemas, principalmente na parte da tarde onde as chuvas fortes costumam acontecer.

Agora você já sabe o que fazer em caso de alagamentos e enchentes. Previna-se sempre que possível e oriente os motoristas quanto às atitudes corretas em situações de risco e temporais.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

três + 12 =

Menu