Calibragem de pneu: tire suas dúvidas.

Provavelmente você já sabe que a calibragem de pneus é um dos hábitos mais importantes para a direção segura. Mas, infelizmente, muitos motoristas não dão a devida atenção a essa tarefa.
Pesquisas estimam que cerca de 45% dos veículos trafegam com a pressão fora daquela recomendada e em 20% dos casos o nível utilizado pode ser considerado perigoso.
Então hoje você irá descobrir o que é certo quando falamos de calibragem de pneus e tirar suas principais dúvidas sobre esse tema.

Por que calibrar os pneus é tão importante?
Os pneus são o ponto de contato do veículo com a estrada. Só por isso já merecem atenção especial e devem estar em bom estado de conservação.
Manter os pneus do veículo com a calibragem correta garante o melhor desempenho deles, maior segurança no tráfego e a maior durabilidade desse item.

Qual é a pressão ideal?
Depende. E esse é o principal motivo de tantas dúvidas.
A pressão ideal é variável é influenciada por vários fatores como o modelo do veículo, a carga que ele carrega e a geometria do pneu. O fabricante normalmente também determina algumas especificações importantes que precisam ser seguidas.
Para não errar é sempre bom buscar orientação no manual do veículo para saber quantas libras devem ser colocadas em cada situação e em cada pneu, já que pode haver diferença entre os pneus da frente e os de trás.

Qual é a frequência recomendada?
A frequência ideal de calibragem é uma vez por semana, mas caso não seja possível, ou o veículo seja pouco utilizado pode ser realizada de 15 em 15 dias. Veículos que rodam muitos, como os de transportadoras devem reduzir esse tempo, sendo ideal calibrar antes de cada viagem.

Vantagens de manter a calibragem em dia:

• Aumento da durabilidade
Os pneus duram muito mais quando estão com a calibragem correta. Estudo indicam um aumento de cerca de 8 mil quilômetros a mais quando é bem conservado.

• Economia de combustível
O custo do combustível costuma ser muito alto nas transportadoras ou empresas que possuem frota de veículos, mas pode ser reduzido se os pneus estiverem bem calibrados.
Quando está com a calibragem incorreta o veículo precisa gastar mais “energia” e força para vencer a resistência do ar e o atrito com o solo.
Principais riscos de manter os pneus com a pressão baixa
Depois de saber o que você ganha mantendo os pneus bem calibrados, chega a hora de saber os riscos que você corre se decidir não dar a atenção necessária a esse item.

• Aumentam as chances de explosões
Sim, o pneu com calibragem diferente da recomendada pode provocar um superaquecimento fora do normal, que pode provocam uma deformação exagerada. Dessa forma ocorre o desgaste prematuro da banda da rodagem que aumenta a chance de o pneu estourar.

• Aumenta as chances de acidentes
O pneu com baixa pressão também altera as condições de direção do veículo, podendo dificultar a precisão dos movimentos. Essa condição pode aumentar consideravelmente as chances de ocorrerem acidentes.
A baixa pressão também prejudica a capacidade de frenagem do veículo, reduzindo o desempenho do veículo nas curvas e em alta velocidade.
Além de tudo isso, o risco de aquaplanagem é consideravelmente maior, aumentando as chances de perder a estabilidade, mesmo em velocidades mais baixas que as normais.

• Diminui a durabilidade
A durabilidade dos pneus também é influenciada, podendo ser reduzida em 30% do ideal, ou mais. Quanto mais baixa for a pressão e maior for o tempo de exposição nessas condições, maior também será o desgaste.

Dicas sobre a calibragem

Caso a perda de calibragem seja muito expressiva e em curto período de tempo, é provável que esteja acontecendo uma fuga anormal da pressão. O ideal é verificar o conjunto de pneu e a roda com um profissional.

Tenha todas as tampas das válvulas dos seus pneus. Elas são importantes para manter a calibragem por mais tempo.
Agora você já sabe o mais importante sobre a calibragem de pneus. Espero que aproveite essas dicas para gerar mais economia na sua empresa.
E se você precisar de ainda mais economia, precisa conhecer as soluções exclusivas da DX Tech para o controle de diesel.

2 Comentários. Deixe novo

  • Calibra sempre os meus com 32 libra a dianteiras e 34 a traseira ,não todo muito com o carro só fim de semana ,coloco essa calibragem de 34 na traseira devido ao peso do som e de quem for atrás o meu pneu e 185/45/15 gostaria de saber se está correta essa calibragem agradeço.

    Responder
    • Bruna Dynamix
      05/09/2019 09:15

      Olá Alan.
      Agradecemos o seu comentário.
      A calibragem do veículo depende muito também do que você leva dentro dele.
      Para não errar veja as instruções no manual do seu veículo, em alguns casos essa informação também está afixada na porta do seu automóvel.
      Siga a DXtech nas nossas mídias digitais também!!

      Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

6 − 2 =

Menu