A importância da troca de óleo dos veículos.

Certamente você já ouviu falar sobre a importância da troca de óleo dos veículos.

Sobre esse assunto aparecem algumas dúvidas e vamos tentar ajudar você e a sua empresa na gestão e manutenção desse item tão importante.

O bom uso e manutenção do óleo de motor tanto no carro quanto em veículos maiores de transporte, como caminhões e ônibus, podem trazer mais economia e segurança ao condutor.

A função do óleo de motor é dar melhor desempenho ao veículo, prevenir acidentes (pois, ao percorrer as peças ele cria uma espécie de película protetora que inibe a alta temperatura), diminuir o atrito entre as peças e também para refrigerar, vedar e limpar o motor das impurezas.

Nessa função ele carrega as sujeiras internas criadas pela queima do combustível, por isso escurece e vai perdendo a viscosidade.

Atualmente existem três tipos de óleos lubrificantes e, de modo geral, são compostos de 80 a 95% de óleos básicos, que podem ser minerais ou sintéticos, e de 20 a 5% de aditivos.

Muitas das propriedades são provenientes das características naturais existentes nos óleos básicos utilizados nas formulações, por isso veja sempre a instrução do fabricante para o óleo correto para o seu veículo e frota.

Fique sempre atento também às instruções do fabricante quanto a troca do óleo, dos fluidos de freio e óleo de câmbio.

Código de Trânsito Brasileiro (CTB) prevê infrações de trânsito a partir de problemas gerados pela adulteração ou insuficiência de óleo de motor no veículo. 

Saiba quando é hora de efetuar a troca de óleo:

  • Quando o óleo escurece rápido demais;
  • Nível de óleo baixo
  • Luz de indicativa de óleo acesa no painel

É recomendado que se troque o óleo com o motor aquecido, mas que verifique o seu nível apenas quando ele estiver frio, e que essas trocas sejam sempre realizadas em oficinas credenciadas e especializadas nesse trabalho.

Lembrando que o descarte incorreto dos óleos lubrificantes é extremamente prejudicial ao meio ambiente e, consequentemente, para a vida humana. Por esse motivo, os órgãos ambientais e reguladores da indústria do petróleo, combustíveis e derivados concluíram que o melhor destino para esse tipo de resíduo é a coleta e o envio obrigatório a um rerrefinador, que retirará os contaminantes do óleo lubrificante usado ou contaminado e recuperará a máxima quantidade possível de óleo lubrificante básico.

É importante que o gestor de frotas sempre oriente a sua equipe quanto a esses detalhes, que mesmo que possam parecer pequenos, fazem grande diferença para o bom desempenho do veículo e manutenção.

E se você busca economia e melhorar a gestão de combustíveis da sua frota de veículos, conheça os produtos da DXtech.

Entre em contato com a gente e descubra o melhor produto para a sua empresa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

15 − 10 =

Menu